segunda-feira, 28 de abril de 2008

Gosto de gente

Gosto de gente com brilho nos olhos, que incendeia os outros com a chama do fogo da paixão, o que é próprio das pessoas que escolheram fazer o que gostam. Presto mais atenção, ainda, naquela gente que aprende a gostar do que está fazendo.

Gosto de gente que não recua frente aos desafios de modificar o que precisa ser modificado. Essas pessoas sabem que a força e o sucesso da transformação está em saber que o primeiro e o mais importante passo é modificar a si próprias.

Gosto de gente que se emociona com o singelo da vida. Esses são diferenciados, pois nunca perdem a oportunidade de enxergar o óbvio e desfrutar da beleza nem sempre aparente das coisas simples.

Gosto de gente que planta, de gente que colhe e de quem sabe plantar para colher. Esses têm a iniciativa dos empreendedores.

Gosto de gente que resiste às tentações do ilícito e do mal e repudia todas as suas outras formas de manifestação. Esses podem ter convivido uma vida inteira na pobreza, mas nunca conhecerão a sua pior forma de expressão: a pobreza do espírito.

Admiro muito os que sabem reconhecer e compartilhar o crédito com o autor da obra. Gente assim tem uma maneira a mais de se realizar e crescer pelo sucesso do outro.

Gosto daquele que tem o hábito de agradecer. Essa prática combina gratidão e humildade, dois ingredientes imprescindíveis para a manutenção do sucesso.

Gosto de gente perseverante, pois, sem dúvida, a tenacidade é a forma mais certa de superação.

Admiro as pessoas que brilham como as estrelas. Mas aprendi a gostar e a apreciar o brilho maior, muitas vezes invisível... dos produtores de estrelas.

Gosto de gente que repudia o preconceito em todas as suas formas de manifestação. Esses sabem o valor da inclusão e da importância de conviver com a diversidade.

Gosto de gente que engravida além do biológico. Esse ser, masculino ou feminino, gera a vida por solidariedade e dá abrigo ao próximo. Pessoas assim, com certeza, têm um órgão a mais que os outros... um útero no coração.

Gosto de estar perto de gente jovem de qualquer idade. Pessoas com essa característica, jamais criarão rugas na alma.

Gosto de gente que sabe que o crescimento, como pessoa, vem da capacidade de tolerar o intolerável, de conviver com o que parece impossível de conviver, e muito, mas muito acima, perdoar o que todos imaginam imperdoável.

Gosto de gente que faz da atitude do presente a grande construtora do futuro. Esses terão sempre sua história conspirando a seu favor.

Gosto dos amantes do belo e estou desconfiado, que é de gente assim que Deus também gosta.

Fonte: Edson de Piracibada
~.~.~.~.~.

Extraí esse texto da mensagem de mesmo nome, feita por Edison de Piracicaba, na qual está impresso sobre belíssimas paisagens de fotos feitas por ele mesmo, tanto de Piracicaba/SP, sua terra querida, como de Bertioga, aqui focalizando alguns detalhes da deslumbrante estância do SESC paulista, além de Natal/RN, Porto de Galinhas/PE, João Pessoa/RN e Rio de Janeiro, desta feita visto de um ângulo completamente diferente daqueles usualmente mostrados em postais da Cidade Maravilhosa e tiradas quando de um cruzeiro de navio. Seria como se víssemos o Rio de alguma praia de Niterói. Muito lindo!

Para completar a sua mensagem, ele inseriu a música Despertar da Montanha, executada em violão por – Olhem só que beleza, gente! – nada mais, nada menos do que Dilermano Reis.

Mas, em blogs não existe a possibilidade de inclusão de sons. Sugiro, então, que façam uma visita neste endereço e usufruam de momentos inesquecíveis, vendo e ouvindo esta mensagem nota 10. Tem outras lá no site dele, cada uma mais bonita do que a outra. Dá pra passar um bom par de horas inebriantes lá.

Quanto ao seu texto, mais uma informação minha, espontânea: ele reflete inteiramente os meus pensamentos e os meus modos de ver, ser, agir e reagir e, por isso, tentei transformá-lo num apêndice do meu perfil, escondido sob o link do elemento denominado “Quem sou eu”, estacionado na coluna à direita desta, onde posto minhas idiossincrasias. Tentei! Mas o filho-da-puta do Blogger não aceita mais do que 1.500 caracteres!

2 comentários:

Ju disse...

Oi Norival, muito lindo esse texto mesmo, tive que mandar para umas amigas do grupo de artesanato, não pude resistir..rss
Foram dados os devidos créditos tá? Tanto ao Edson qto ao seu blog.. ;)
Beijos e obrigada por compartilhar conosco..

Norival R. Duarte disse...

Salve, Juliana!

Realmente, é uma bela mensagem. E lá no site do Edison Piazza, que mora aí pertinho de vocês, em Piracicaba (Vocês devem ter ficado exultados, falem a verdade!), você encontrará mais mensagens maravilhosas como essa. Vocês não podem deixar de realizar esse passeio, conforme você gosta de dizer.

E foi muito bom o crédito que deu a ele e a mim. A mensagem, aliás, tem um parágrafo a esse respeito, você deve ter reparado nela, que sempre utilizo para justificar meus achados na internet e publicá-los depois no meu blog.

Agora, me faça um favor: quando você for ao site dele, deixe lá um comentário explicando como você encontrou o endereço dele. E cite o meu blog, ou o meu nome. Tenho certeza de que ele ficará muito feliz com esse encontro, afinal, ele e eu nos correspondemos constantemente.

Obrigado pela visita, volte sempre e uma boa semana para você e seu marido. Novamente, parabéns pelos seus aniversários, o seu, ocorrido ontem, e o dele, ocorrido no dia 17 pp.

Abraços e inté, Norival.