sexta-feira, 30 de março de 2012

quinta-feira, 29 de março de 2012

O famoso (?) azulejo de Toledo


Dizem que os espanhóis sempre foram ótimos para definir questões políticas e religiosas.

Uma das melhores frases sobre isso foi cunhada na guerra civil espanhola (1936 a 1939):

"O mundo só vai ser feliz quando se enforcar o último político nas tripas do último religioso."
Para que não tenham dúvidas sobre a tal maestria de replicância dos espanhóis, de maneira geralizada, confiram na imagem que se segue do tal do famoso azulejo de Toledo e, abaixo do dito cujo, confiram também a tradução dos seus dizeres para o português:


A sociedade é assim:
O pobre trabalha,

O rico o explora,

O soldado defende os dois,

O contribuinte paga pelos três,

O vagabundo descansa pelos quatro,

O bêbado bebe pelos cinco,

O banqueiro esfola os seis,

O advogado engana os sete,

O médico mata os oito,

O coveiro enterra os nove

E o político vive dos dez!
- Pena que na mensagem recebida inexistam informações sobre a localização de onde se encontrar pregado/s em alguma parede esse tal de azulejo de Toledo.

Com essa desinformação, eu é que não vou à Espanha à procura dessa joça.
- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

quarta-feira, 28 de março de 2012

A importânci​a do cafezinho


Dois leões fugiram do Jardim Zoológico. Na fuga, cada um tomou um rumo diferente. Um dos leões foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade.

Procuraram os leões por todo o lado, mas ninguém os encontrou.

Depois de um mês, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas.

Voltou magro, faminto, alquebrado. Assim, o leão foi reconduzido à sua jaula

Passaram-se oito meses e ninguém mais se lembrou do leão que fugira para o centro da cidade, quando, um dia, o bicho foi recapturado e voltou ao Jardim Zoológico, gordo, sadio, vendendo saúde.

Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega:

- Como é que conseguiste ficar na cidade esse tempo todo e ainda voltar com saúde? Eu, que fugi para a mata, tive que voltar, porque quase não encontrava o que comer...

O outro leão então explicou

- Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública. Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele.

- E por que voltaste então para cá? Tinham-se acabado os funcionários?

- Nada disso! Funcionário público é coisa que não se acaba nunca.

- E isso não era um bom motivo para permaneceres lá?

- É que eu cometi um erro gravíssimo! Já tinha comido o diretor geral, dois superintendentes, cinco adjuntos, três coordenadores, dez assessores, doze chefes de seção, quinze chefes de divisão, várias secretárias, umas duas dúzias de vigias, dezenas de funcionários e ninguém deu por falta deles! Mas, no dia em que comi o desgraçado que servia o cafezinho... Estraguei tudo!

- - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

sexta-feira, 23 de março de 2012

As secretárias de médicos


As secretárias de alguns médicos devem crer que são doutoras.

Sempre perguntam, quando chegamos a uma consulta, a razão da visita e você tem que responder às perguntas que lhe fazem, diante de todos, o que às vezes é muito desagradável.

Não há nada pior do que uma recepcionista que lhe pede para dizer o que está se passando com você numa sala de espera cheia de pacientes.

Uma vez, entrei para uma consulta e me aproximei de uma recepcionista pouco simpática.

- Bom dia, senhorita!

A recepcionista respondeu:

- Bom dia, senhor! O quê o senhor está sentindo? Por quê quer ver o doutor?

- Tenho um problema com meu pênis! - Respondi.

Como alguns dos presentes riram, a recepcionista se irritou e me disse:

- O senhor não deveria dizer coisas como essa diante das pessoas...

- Porque não? - Retruquei. - Você me perguntou o quê eu estava sentindo e eu simplesmente respondi.

A recepcionista, sem jeito, me disse:

- Poderia ter sido mais dissimulado e dizer, por exemplo, que está com uma irritação no ouvido e discutir o real problema com o doutor, mais tarde e em particular.

Ao que eu respondi:

- E você não deveria fazer perguntas diante de estranhos, se a resposta pode incomodar.

Então sorri, saí e voltei a entrar:

- Bom dia, senhorita!

A recepcionista sorriu meio sem jeito e me respondeu:

- Sim?

E eu lhe disse:

- Tenho problemas com meu ouvido.

A recepcionista assentiu e sorriu, vendo que eu havia seguido seu conselho, e voltou a me perguntar:

- E... O que acontece com o seu ouvido, senhor?

- Arde quando eu mijo!

As risadas na sala de espera ecoaram por toda a clínica!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

quinta-feira, 22 de março de 2012

Relógio atômico 100 vezes mais preciso


Cientistas projetam relógio atômico 100 vezes mais preciso que atual
EFE 20/03/2012

Uma equipe internacional de cientistas trabalha na construção de um relógio com margem de imprecisão de um décimo de segundo em 14 bilhões de anos, informou nesta segunda-feira o Instituto Tecnológico da Geórgia (EUA).

- Legal essa imprecisão, mas o que me preocupa é a precisão, a fim de ajustar os meus relógios!

- Aliás, com apenas 14 milhões (pra quê 15 bilhões?) de anos eu já me daria por satisfeito!


Além dos cientistas da Geórgia, no Alabama, participam do projeto físicos da Universidade de Nova Gales (Austrália) e do Departamento de Física da Universidade de Nevada (EUA), em um trabalho parcialmente financiado pelo Escritório Naval de Pesquisas e pela Fundação Nacional de Ciências dos EUA.

- Sacanagem! Não tem um cientista brasileiro nessa panelinha!

Segundo o artigo, os pesquisadores incluem um único íon de tório 232 com o íon de tório 229, que serão usados na marcação do tempo. Cada um destes íons recebe uma frequência de onda diferente.

- Nisso reside o grande segredo para tornar a medição do tempo mais imprecisa, que é o quê os caras querem. Sacou?

- Leia toda a reportagem neste link , da iG-Último Segundo.

- Se quiser falar bonito mais tarde lá no Cospe Grosso (em Resende), leia mais, aqui em baixo:

- Cientistas dizem que questões sociais adiaram mudança na medição do tempo

- Decisão sobre sistema de medição do tempo é adiada para 2015

- Definição do tempo universal é examinada em Genebra - Cientistas debatem definição de tempo e Greenwich pode virar história

- Relógio atômico britânico é o mais preciso do mundo, diz estudo

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

quarta-feira, 21 de março de 2012

Cuidado com os carrinhos dos supermercados!!!


Recebi, por email, mais uma mensagem de alerta geral (este deveria ser de caráter mundial!), prevenindo-me sobre o perigo representado pelos carrinhos de supermercados (aqueles, onde vamos colocando os produtos que escolhemos e com o qual ficamos zanzando que nem bobos pelos corredores atrás de nossas mulheres), os quais, segundo um estudo conduzido pela Agência de Proteção ao Consumidor Sul-Coreano, constatou que as barras destes carrinhos nas lojas são os que mais contém bactérias entre os objetos que são frequentemente manuseados pelas pessoas e que os metais sanitários dos banheiros públicos (só pode ser de lá também!) não são tão contaminados como se pensa.

Estudos provaram a presença de mais de um milhão (um milhão, gente, é germe pra caraio!) de germes em somente uma barra de um carrinho de supermercado.

Em continuação, seguem-se inúmeros conselhos de descontaminação, o perigo representado para as crianças etc e tal.

É mole!

Depois de mais este alerta, acho que não vou mais sair de casa!

Senão, vejamos:

- Já teve aquele da margarina que, com mais um elétron, vira plástico...

- Se comer tomate e engolir a larva que está dentro dele, ela crescerá no seu intestino até ficar do tamanho de três bolas de futebol. Cheias!

Pra escapular dessa cilada, corte o tomate em fatias com espessuras inferiores a 0,3 mm. Com quase toda a certeza, a larvinha filha-da-puta que enchouriça o seu tomatinho deverá ser fatiada.

- Quando for usar caixas eletrônicos, leve sempre um par de luvas de borracha. São baratas e descartáveis. (Mesma orientação dos carrinhos de supermercados!)

- Se for fazer exame de vista pra renovar a CNH, leve um guardanapo higiênico (que contem álcool) para limpar as superfícies do aparelho que tocarão a sua face.

Com isso, você evita de pegar uma conjuntivite filha-da-puta! (Isso já aconteceu comigo, aqui em Resende!)

- Se comer carnes vermelhas, pode morrer amanhã...

- Se comer frango, pode morrer depois-de-amanhã, porque os ex-penudos cresceram à base de hormônios que provocam, entre outras coisas:

: nos homens, fazem crescer os peitos, que viram seios;

: nas mulheres, a partir de uma certa idade, digamos, a partir dos 95 anos, deixam-nas esquecidas de fazer se..., digo, esquecidas das suas receitas e por isso deixam de fazer bolos...

Ah! tem mais esta aqui:

- Fwd: Fwd: URGENTE!!! Perigo no feijão! Alimentação perigosa

Cuidado ao manusearem feijão cru!!!

Como se não bastasse a gripe suína, lá vem mais bomba!!!

Matéria divulgada em vários sites de Agricultura, porém foi misteriosamente tirada do ar.

Confirmado na última semana o 83º caso de Chagas contraído a partir do feijão servido nas refeições dos brasileiros.

Por via das dúvidas vale a pena abrir o saco, colocar os feijões em uma bacia sem manuseá-los, deixar de molho com vinagre por 15 a 20 minutos (insetos não sobrevivem mais que isto molhados) para depois catarem o feijão.

Pelo que foi divulgado pela mídia especializada, toda a colheita entregue por uma cooperativa de plantadores de feijão (COOVENF) está contaminada com o protozoário da doença de Chagas (tripanosoma cruzi), oriunda do Barbeiro.


E, antes que me esqueça, tem aquela da carambola:

Por que passarinhos não bicam carambola?

Isto é verdade. Pois infelizmente um conhecido nosso veio a falecer depois que comeu carambola. E ele não sabia e tinha um problema renal...

A Câmara de Vereadores da cidade de Jaú, no interior de São Paulo, aprovou por unanimidade um projeto do vereador José Mineiro de Camargo (PSB) que obriga estabelecimentos como lanchonetes, bares, restaurantes, hospitais e repartições públicas municipais a afixarem cartazes alertando para o risco do consumo da carambola e do suco da fruta.

A carambola tem uma toxina que pode matar portadores de insuficiência renal. A lei, que também estabelece aos donos de estabelecimentos que evitem a venda da fruta a pessoas que tenham complicações renais, vigora há menos de dois meses.

Entretanto, com esse alerta, ficamos sabendo que todos os passarinhos sofrem dos rins. Coitadinhos!


Mas pombas! Deixar de comer feijão, deixar de comer carambolas...

Assim não dá! Afinal, aonde vamos parar?

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Lembrança da bicicleta


Numa cidade do interior de Minas (Claro! Onde mais poderia ser?) dois padres costumavam se cruzar de bicicleta na estrada todos os domingos, quando iam rezar a missa nas suas respectivas paróquias. Mas, certo dia, um deles estava apeado.

Surpreso, o outro padre parou e perguntou:

- Uai, ondéquetá a sua bicicreta, Padre Josias?

- Foi roubada! - Responde o outro padre. - Creio que no pátio da igreja.

- Mas que absurdo! - Exclamou o ainda ciclista.

- Eu tenho umideia pra saber quem foi: na hora do sermão, cite os 10 mandamentos. Quando chegar no «Não roubarás!», dá uma paradinha e óia bem nozóio dos fiéis... O culpado, certezzzzz, vai se denunciar!

No domingo seguinte, os padres cruzam-se de bicicleta.

O padre que deu a ideia diz:

- Parece que o sermão deu certo, né não, Padre Josias?

- Mazomenos - Responde ele. - Na verdade, quando cheguei ao «Não desejarás a mulher do próximo!», cabei lembranu ondé qu'eu tinha deixado a bicicreta!

- - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

terça-feira, 20 de março de 2012

Kokoro - Coisas do Japão


Texto de Monja Coen

“Quando voltei ao Brasil, depois de residir doze anos no Japão, me incumbi da difícil missão de transmitir o que mais me impressionou do povo Japonês: kokoro.

Kokoro ou Shin significa coração-mente-essência .

Como educar pessoas a ter sensibilidade suficiente para sair de si mesmas, de suas necessidades pessoais e se colocar à serviço e disposição do grupo, das outras pessoas, da natureza ilimitada?

Outra palavra é gaman: aguentar, suportar. Educação para ser capaz de suportar dificuldades e superá-las.

Assim, os eventos de 11 de março de 2011, no nordeste japonês, surpreenderam o mundo de duas maneiras. A primeira pela violência do tsunami e dos vários terremotos, bem como dos perigos de radiação das usinas nucleares de Fukushima. A segunda pela disciplina, ordem, dignidade, paciência, honra e respeito de todas as vítimas. Filas de pessoas passando baldes cheios e vazios, de uma piscina para os banheiros.

Nos abrigos, a surpresa das repórteres norte americanas: ninguém queria tirar vantagem sobre ninguém. Compartilhavam cobertas, alimentos, dores, saudades, preocupações, massagens. Cada qual se mantinha em sua área. As crianças não faziam algazarra, não corriam e gritavam, mas se mantinham no espaço que a família havia reservado.

Não furaram as filas para assistência médica – Quantas pessoas necessitando de remédios perdidos! –, mas esperaram sua vez também para receber água, usar o telefone, receber atenção médica, alimentos, roupas e escalda-pés singelos, com pouquíssima água.

Compartilharam também do resfriado, da falta de água para higiene pessoal e coletiva, da fome, da tristeza, da dor, das perdas de verduras, leite, da morte.

Nos supermercados lotados de gente e esvaziados de alimentos, não houve saques. Houve a resignação da tragédia e o agradecimento pelo pouco que recebiam. Ensinamento de Buda, hoje enraizado na cultura e chamado de kansha no kokoro: coração de gratidão.

Sumimasen é outra palavra chave. Desculpe, sinto muito, com licença. Por vezes me parecia que as pessoas pediam desculpas por viver. Desculpe causar preocupação, desculpe incomodar, desculpe precisar falar com você, ou tocar à sua porta. Desculpe pela minha dor, pelo minhas lágrimas, pela minha passagem, pela preocupação que estamos causando ao mundo. Sumimasem.

Quando temos humildade e respeito pensamos nos outros, nos seus sentimentos, necessidades. Quando cuidamos da vida como um todo, somos cuidadas e respeitadas.

O inverso não é verdadeiro: se pensar primeiro em mim e só cuidar de mim, perderei. Cada um de nós, cada uma de nós é o todo manifesto.

Acompanhando as transmissões na TV e na Internet pude pressentir a atenção e cuidado com quem estaria assistindo: mostrar a realidade, sem ofender, sem estarrecer, sem causar pânico. As vítimas encontradas, vivas ou mortas eram gentilmente cobertas pelos grupos de resgate e delicadamente transportadas – quer para as tendas do exército, que serviam de hospital, quer para as ambulâncias, helicópteros, barcos, que os levariam a hospitais.

Análise da situação por especialistas, informações incessantes a toda população pelos oficiais do governo e a noção bem estabelecida de que “somos um só povo e um só país”.

Telefonei várias vezes aos templos por onde passei e recebi telefonemas. Diziam-me do exagero das notícias internacionais, da confiança nas soluções que seriam encontradas e todos me pediram que não cancelasse nossa viagem em Julho próximo.

Aprendemos com essa tragédia o que Buda ensinou há dois mil e quinhentos anos: a vida é transitória, nada é seguro neste mundo, tudo pode ser destruído em um instante e reconstruído novamente.

Reafirmando a Lei da Causalidade podemos perceber como tudo está interligado e que nós humanos não somos e jamais seremos capazes de salvar a Terra. O planeta tem seu próprio movimento e vida. Estamos na superfície, na casquinha mais fina. Os movimentos das placas tectônicas não tem a ver com sentimentos humanos, com divindades, vinganças ou castigos.

O que podemos fazer é cuidar da pequena camada produtiva, da água, do solo e do ar que respiramos. E isso já é uma tarefa e tanto.

Aprendemos com o povo japonês que a solidariedade leva à ordem, que a paciência leva à tranquilidade e que o sofrimento compartilhado leva à reconstrução.

Minhas preces, meus respeitos, minha ternura e minha imensa tristeza em testemunhar tanto sofrimento e tanta dor de um povo que aprendi a amar e respeitar.

Havia pessoas suas conhecidas na tragédia? - Me perguntaram. E só posso dizer: todas!

Todas eram e são pessoas de meu conhecimento. Com elas aprendi a orar, a ter fé, paciência, persistência. Aprendi a respeitar meus ancestrais e a linhagem de Budas.

Mãos em prece (gassho)!”

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

segunda-feira, 19 de março de 2012

Teoria do búfalo

Essa é demais! (E na comparação, aviso, sem respaldo científico nenhum.)

Quando uma manada de búfalos é caçada por lobos, os búfalos mais fracos e lentos, em geral doentes, que estão atrás do rebanho, são mortos primeiro.

Essa seleção natural é boa para a manada como um todo, porque aumenta a velocidade média e a saúde de todo o rebanho, pela matança regular dos seus membros mais fracos.

De forma parecida opera o cérebro humano: beber álcool em excesso, como nós sabemos, mata neurônios, mas, naturalmente, ele ataca os neurônios mais fracos e lentos primeiro.

Nesse caso, o consumo regular de cerveja, cachaça, whisky, vinho, rum, vodka etc elimina os neurônios mais lentos, tornando seu cérebro uma máquina mais rápida e eficiente .

E mais: 23% dos acidentes de trânsito são provocados pelo consumo de álcool.

Isso significa que os outros 77% dos acidentes são causados por aqueles que bebem água de coco, suco, refrigerante, café, água mineral ou outras porcarias!

Colabore! Seja inteligente!

- JÁ PRO BUTECO!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

domingo, 18 de março de 2012

Trabalho duro - 01 a 03


Terapia para ir trabalhar...(2ª-feira... 3ª-feira...)

Meu trabalho é bom demais! E o seu?

Repita vinte vezes para si mesmo:

- NÃO VOLTAREI A RECLAMAR DO MEU TRABALHO. NUNCA, NUNCA MAIS!



- Futuramente, para ver outras imagens desta série, clica aqui.

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

sábado, 17 de março de 2012

Doutorado em estratégia


Zezão parou o caminhão na frente da loja do Seu Kaled e falou:

- Seu Kaled, tem aqui um caminhão com uma carga de arroz, sem nota, pela metade do preço. O senhor quer comprar?

- Craro que Kaled aceita!

E virando-se para o filho, diz-lhe:

- Kaledinho, vai bra esquina e se abarecer fiscal, vem corendo avisar babai.

Começam a descarregar e, no meio da descarga, aparece Kaledinho:

- Babai! Fiscal vem vindo!

Imdiatamente, Kaled ordena aos carregadores:

- Bára tudo e volta caregar!

Chega o fiscal:

- Venda grande, não é seu Kaled?

- Ôh, ôh! Melhor venda do ano que Kaled feiz...

- E isso aí tem nota?

- Ainda num tem nota borque Kaled está esberando caregá bra ver quanto mercadoria cabe na caminhon... Daí, Kaled tira nota, né não, seu fiscal?

- Não pode, não! - Diz o fiscal. - A nota fiscal tem de ser emitida antes de carregar!

- Ah!.... Antão bára tudo, que Kaled non qué brobrema com receita!

- E virando-se para os carregadores:

- Volta, volta! Descarega tudo o caminhon e guarda lá dentro do loja.

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

O importante é não perder a pose

O sujeito está na cama com a amante quando ouve os passos do marido dela. A mulher manda-o pegar as roupas e pular pela janela.

Ele reluta, porque está caindo uma chuva forte. Mas, não tendo outro jeito, pula e cai na rua, justo no meio de uma maratona.

Ele aproveita e corre junto com os outros, que o olham de um jeito esquisito.

Afinal, ele está pelado!

Um corredor pergunta:

- Você sempre corre assim, pelado?

- Sim! - Responde o amante. - É tão bom ter essa sensação de liberdade...

E chuva caindo!

Outro corredor pergunta:

- Mas você sempre corre assim pelado carregando suas roupas?

O sujeito não se dá por vencido:

- Eu gosto assim, dessa forma! Posso me vestir no fim da corrida e pegar o carro pra ir pra casa.

E dá-lhe chuva!

Um terceiro corredor insiste:

- Mas você sempre corre assim, pelado, carregando suas roupas e com uma camisinha no pinto?

- Só quando está chovendo!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Advogado X Advogada


Pior do que um advogado, só uma advogada

Uma advogada vai entrando em um motel com seu amante, quando, de repente, vê que seu marido vem saindo com outra.

Aí ela grita:

Aháááá!!!!

Maldiiiiiiiito!!

Cafageeeeeste!!!!!!!!!!!!!!!!

Cachooooorro!!!!!!!

Bem que me avisaram!!!!!

Te peguei, seu sem vergonha!!!!!!

Eu trouxe até uma testemunha!!!!!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

terça-feira, 13 de março de 2012

E o balde?


Sempre tive um tremendo tesão pela vizinha do apartamento ao lado. Vivia pensando num jeito pra traçá-la.

Um dia, conversando com o marido dela, ouvi dele:

- Preciso pintar meu apartamento, mas trabalho o dia inteiro e chego cansado. Tentei contratar um pintor, mas o cara pediu os "olhos da cara".

Aí, naquele momento, tive a grande ideia:

- Não seja por isso, meu vizinho! Estou de férias e pintar paredes é o meu hobby. Posso fazer o serviço pra você, com prazer.

O marido aceitou feliz, a oferta.

Bom papo que sou, mal comecei a pintar o apartamento e consegui levar a mulher pra cama.

Só não esperava que o marido fosse esquecer os documentos em casa e voltar, justo nesse dia!

A mulher, ouvindo o marido abrir a porta da sala, correu para o banheiro e o marido me encontrou peladão, no quarto, em cima da escada, dando umas pinceladas na parede.

Aos berros, foi perguntando:

- O que é isso, cara? Começou logo pelo quarto? E nu?

- Ora, estou pintando de graça, começo por onde quiser.

- Mas nu?

- Queria que eu manchasse a minha roupa com tinta?

- Mas de pinto duro?

- E onde é que eu vou pendurar o balde?

- - - - - - - - - - - - - - -

Pra ver outras piadas desta série, clique aqui.

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

- Publicado no Facebook em 22.01.14

Imagens de Caruaru a Aparecida – 2 a 5


Outdoors na Rodovia de Maragogi/AL



- - - - - - - - - - - - - - -

Para ver as outras imagens desta série e de outras correlatas, clique aqui, aqui e aqui.

- - - - - - - - - - - - - - -

I bibida prus músicus!

segunda-feira, 12 de março de 2012

Não deixe o Ricardão ficar gripado!


Um sujeito, voltando de uma viagem de negócios, entra num táxi.

Enquanto se dirigem para casa, ele pergunta ao taxista se ele topa ser sua testemunha, pois suspeita que sua esposa está tendo um caso e pretende flagrá-la no ato.

O motorista concorda e ao chegarem silenciosamente à casa, sobem pé ante pé até o quarto. O marido acende as luzes, arranca o cobertor e lá está a esposa dele na cama com outro cara.

O marido coloca a arma na cabeça do homem nu.

A esposa grita:

- Não faça isso!

E continua falando:

- Este homem tem sido muito generoso! Eu menti para você quando disse que herdei dinheiro. Foi ele quem pagou o BMW que eu comprei pra você. Ele pagou também o nosso iate novo, foi ele quem comprou e mantém a nossa casa em Angra dos Reis e comprou o nosso título do Yate Tênis Club!

Perplexo, o marido abaixa a arma.

Olha para o taxista e pergunta:

- O que você faria?

O motorista responde:

- Eu o cobriria logo com o cobertor, antes que ele pegue uma gripe.

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Frases sinistras, frases verdadeiras e outras nem tanto assim


- A febre tifóide é aquela febre que ou você cura ou ela ti fóide!

- Antes eu não era perfeito... Faltava-me a modéstia!

- Antigamente as mulheres cozinhavam igual à mãe. Hoje, estão bebendo igual ao pai!

- Antigamente os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas: hoje em dia, pedem votos.

- As melhores crianças do mundo são as japonesas: estão a 20 mil quilômetros de distância e quando estão acordadas eu estou dormindo.

- Eu sempre quis ter o corpo de um atleta: graças ao Ronaldo, isso já é possível.

- Calculei meu IMC e constatei que minha altura está 20 cm abaixo da ideal.

- Calorias são pequenos vermes inescrupulosos que vivem nos guarda-roupas e que a noite ficam costurando e apertando as roupas das pessoas.

- Dizem que a bebida resolve todos os problemas. Pra mim, ainda não resolveu, mas eu sou brasileiro e não desisto nunca!

- Ex-namorado é que nem vestido: você vê em foto antiga e não acredita que teve coragem de um dia sair com aquilo.

- Gostaria de saber o quê esse Jeová fez de errado pra ter tantas testemunhas assim!

- Leio a Playboy pela mesma razão que leio a National Geographic: gosto de ver fotografias de lugares que sei que nunca irei visitar.

- Liquidação de muletas, venham correndo!

- Mamãe, por que você bateu naquela mulher que a gente viu chorando no túmulo do papai?

- O amor é como a gasolina da vida: custa caro, acaba rápido e pode ser substituída pelo álcool.

- O amor não é aquilo que te pega de surpresa e te deixa totalmente sem ar. O nome disso é asma.

- O amor não faz brotar uma nova pessoa dentro de você. O nome disso é gravidez.

- O amor não torna as pessoas mais bonitas. O nome disso é maquiagem.

- Os ursos polares adoram o frio. Os bipolares às vezes adoram, às vezes não.

- Quando a gente envelhece, o cabelo embranquece, o osso adoece, o joelho endurece, a vista escurece, a memória esquece, a gengiva aparece, a hemorróida engrandece, a barriga cresce, a pelanca desce, o bilau amolece, o ovo padece, a mulher se oferece, a gente agradece.

- Quando sua mulher fica grávida, todos alisam a barriga dela e dizem "- Parabéns!", mas ninguém apalpa seu saco e diz "- Aê, meu! Bom trabalho!"

- Se eu tivesse uma filha colocaria nela o nome de Eutanásia: seria linda de morrer!

- Se vegetarianos amam os animais tanto assim, por que eles comem toda a comida dos pobrezinhos?

- Se você não quer ouvir reclamações, trabalhe no SAC da empresa que fabrica paraquedas.

- Se você se lembra de quantas bebeu ontem, então não bebeu o bastante.

- Todo mundo comete erros. O truque é cometê-los quando ninguém está olhando.

- Troque seu coração por um fígado: assim você se apaixona menos e bebe mais.

- - - - - - - - - - - - - - -

- As frases acima selecionei-as de três emails que me foram enviados pela amiga Eluiza e pelos amigos Hugo e Luiz Marques.

- - - - - - - - - - - - - - -

I bibida prus músicus!

Com jeito vai - 40 a 48


Imprudências na motocicleta

Segurança em primeiro lugar!


Família indiana na corrida pras atividades diárias.


Skylab moto-táxi, nas Filipinas.


Só na República Dominicana.
- Me nego a admitir que seja só lá!


É realmente um engenhoso método de prevenir a criança da hiperventilação, mas no momento em que houver a falta de oxigênio e ela entrar em pânico...



Indo para a escola no Irã. (Acima e abaixo.)



Indo de lambreta para a escola? Não há tempo a perder! Tem de terminar a lição de casa.



- Aperte o cinto de segurança, dona vaca!


- - - - - - - - - - - - - - -

- Imagens e textos copiados do blog Oddee.com (link), publicados na postagem intitulada “12 Most Reckless People on Motorcycle” (12 pessoas mais imprudentes na motocicleta), onde você encontra outros exemplos de imprudência na motocicleta, além daqueles publicados aqui.

- Para ver outras imagens desta série, clique aqui.

- - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

sábado, 10 de março de 2012

Definições definitivas


Recebi, de uma tacada só, as definições abaixo definidas como "definitivas", num email que me foi enviado pela amiga Ellen W. von Windheim.

E ela, me parece, estava tão feliz com a sua remessa que escreveu o seguinte no início da sua mensagem:

" - Gente, não resisti e acrescentei algumas da minha própria verve. (Ainda acabo sendo famosa! rsrsrs) eww"

Então, publiquemos tudo!

- - - - - - - - - - - - - - -

- Viver no Rio é uma merda; mas é bom. Viver em New York é bom, mas é uma merda. (Tom Jobim)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Por ocasião da inauguração da Ponte Rio-Niterói, pediram a opinião do Max Nunes.

Resposta: - Por um lado, é muito bom; por outro lado, é Niterói. (Max Nunes)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Quando estamos fora, o Brasil dói na alma; quando estamos dentro, dói na pele. (Stanislaw Ponte Preta)

- - - - - - - - - - - - - - -

- A Academia Brasileira de Letras se compõe de 39 membros e um morto rotativo. (Millôr Fernandes)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Brasil? Fraude explica. (Carlito Maia)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Pior do que o fim do mundo, para mim é o fim do mês. (Zeca Baleiro)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Quem se mata de trabalhar merece mesmo morrer. (Millôr Fernandes)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Acho o Brasil infecto. Não tem atmosfera mental; não tem literatura; não tem arte; tem apenas uns políticos muito vagabundos. (Carlos Drummond de Andrade)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Como se algum político, com exceção de meia dúzia de três ou quatro, representasse alguém, a não ser a si mesmo, a família e aderentes. (João Ubaldo Ribeiro)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Democracia é quando eu mando em você. Ditadura é quando você manda em mim. (Millôr Fernandes)

- - - - - - - - - - - - - - -

- No Brasil, quem tem ética parece anormal. (Mário Covas)

- - - - - - - - - - - - - - -

- A arte de ser louco é jamais cometer a loucura de ser um sujeito normal. (Raul Seixas)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Não é triste mudar de idéias; triste é não ter idéias para mudar. (Barão de Itararé)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Ninguém morre, as pessoas despertam do sonho da vida. (Raul Seixas)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Comecei uma dieta: cortei a bebida e as comidas pesadas e em quatorze dias perdi duas semanas. (Tim Maia)

- - - - - - - - - - - - - - -

- A minha vontade é forte, mas a minha disposição de obedecer-lhe é fraca. (Carlos Drummond de Andrade)

- - - - - - - - - - - - - - -

- O sol nasce para todos, a sombra, pra quem é mais esperto. (Stanislaw Ponte Preta)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Nada nos humilha mais do que a coragem alheia. (Nelson Rodrigues)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Celulites não são apenas celulites, elas querem dizer..."Eu sou gostosa". Só que em Braille! (Rita Cadilac - ex-chacrete)

- - - - - - - - - - - - - - -

- De nada adianta ter barriga de tanquinho se a torneira for pequena. (Reinaldo Gianechini)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Fumo maconha, mas não trago, quem traz é um amigo meu. (Marcelo Anthony)

- - - - - - - - - - - - - - -

- O que te engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas o que você come entre o Ano Novo e o Natal! (Hebe Camargo)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta-feira ? (Marta Suplicy)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Para seu marido não acordar com a macaca... Depile-se! (Vera Fischer)

- - - - - - - - - - - - - - -

- O homem é um ser tão dependente, que até pra ser corno, precisa da ajuda da mulher. Pra ser viúvo, também. (Dercy Gonçalves)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Por maior que seja o buraco em que você se encontra, pense que, por enquanto, ainda não há terra em cima. (Yasser Arafat)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Preguiçoso é o dono da sauna, que vive do suor dos outros. (Príncipe Charles)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Não me considere o chefe; considere-me apenas um colega de trabalho que tem sempre razão... (George Bush)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Malandro é o pato, que já nasce com os dedos colados pra não usar aliança. (Zeca Pagodinho)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Mulher gorda é que nem Ferrari. Quando sobe na balança, vai de zero a cem em um segundo. (Rubinho)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Se um dia, a vida lhe der as costas, passe a mão na bunda dela! (Nelson Rodrigues)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental... Fique de olho em três de seus amigos. Se eles parecerem normais, o retardado é você. (Palloci)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Se homossexualismo fosse normal... Deus teria criado Adão e Ivo. (Roberta Close Ivo)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Todo mundo tem cliente. Só traficante e analista de sistemas é que tem usuário.(Bill Gates)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Mulher de amigo meu é igual a muro alto: sei que é perigoso, mas eu trepo. (Antonio Fagundes)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Casamento começa em motel, e termina em pensão! (Daniel Filho - Tem 4 ex!)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Seja legal com seus filhos. São eles que vão escolher seu asilo.(Desconhecido)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Antigamente, o homossexualismo era proibido no Brasil. Depois, passou a ser tolerado. Hoje, é aceito como coisa normal. Eu vou-me embora, antes que se torne obrigatório! (Diego, jogador do Santos, que só "embichou" em Portugal)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Ex-namorada é igual a McDonalds: a gente sabe que não deve, mas acaba comendo de vez em quando! (Ronaldinho - sobre quase todas ex-namoradas)

- - - - - - - - - - - - - -

- Passar a mulher pra trás é fácil, difícil é passar adiante! (Eduardo Suplicy)

- - - - - - - - - - - - - -

- Como é enjoado fazer sempre as mesmas coisas. Mas que medo de não ter as mesmas coisas para fazer. (ellen w v w)

- - - - - - - - - - - - - - -

OCO – A própria palavra espelha seu conteúdo. (ellen w v w)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Para operar um computador, você precisa ter um banco de dados na cabeça. (ellen w v w)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Solidão é um buraco bem fundo, em que só cabe uma pessoa. Se coubessem duas, deixaria de ser solidão. (ellen w v w)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Se a força da gravidade é a responsável por fazer tudo despencar no corpo humano, com o passar dos anos, então será que ficar pendurado/a de cabeça para baixo, uma hora por dia, todos os dias, não serviria para retardar tal processo? (ellen w v w)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Deus fez o ser humano para viver uns 50 anos; a indústria farmacêutica “inventou” de esticar isso ao dobro. (ellen w v w)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Sempre desejei ser ‘descoberta’. Será que me descobrirão post mortem? Então valeria a pena morrer logo. (ellen w v w)

- - - - - - - - - - - - - - -

- Se você quiser a efetiva atenção da pessoa com quem está falando, ligue para o celular dela. (ellen w v w)

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Professores... No Japão

Cultura, gente, e isso é só parte da cultura do povo japonês!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

O pinto Tunico


O vigário de um vilarejo tinha um pinto como mascote chamado TUNICO.

Certo dia, o pinto TUNICO desapareceu e, preocupado, resolveu pedir ajuda aos paroquianos.

No dia seguinte ao desaparecimento do seu pinto, na missa, o vigário perguntou à congregação:

- Algum de vocês aqui tem um pinto?

Todos os homens se levantaram.

- Não, não! - Disse o vigário. - Não foi isso que eu quis dizer.

-O quê eu quero saber é se algum de vocês viu um pinto?

Todas as mulheres se levantaram.

- Não, não! - Repetiu o vigário. - O quê eu quero dizer é se algum de vocês viu um pinto que não lhes pertence.

Metade das mulheres se levantou.

- Não, não! - Disse o vigário novamente, muito atrapalhado.

- Talvez eu possa formular melhor a pergunta: o quê eu quero saber é se algum de vocês viu o meu pinto?

Todas as freiras se levantaram.

- Deixa pra lá carissimos irmaos, o TUNICO QUE SE DANE!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

quarta-feira, 7 de março de 2012

Porque os cães mordem seus donos - Imagens 31 a 37








- - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- Para ver as outras imagens desta série já publicadas, clique aqui.

- Fonte: Imagens (todas) capturadas no blog 3113.com (link).

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

terça-feira, 6 de março de 2012

Irã x Israel - Anotações da WEB 005


EUA preveem reação do Irã se Israel decidir por ação militar

Publicado no iG em 05/03/2012 (link)
The New York Times 05/03/2012 - Por Thom Shanker, Helene Cooper e Ethan Bronner

Alvos de Teerã incluiriam infraestruturas petrolíferas do Golfo Pérsico e tropas americanas no Afeganistão

As autoridades americanas que avaliaram as possíveis reações iranianas a qualquer ataque a seu programa nuclear por parte de Israel acreditam que o país irá retaliar, lançando mísseis e realizando ataques terroristas contra civis e militares que vivem no exterior.

Embora uma retaliação contra Israel usando mísseis seja quase garantida, de acordo com essas avaliações, o Irã provavelmente também tentará medir qual seria a sua resposta contra certos alvos americanos para não dar aos Estados Unidos lógica para que possam retaliar de maneira que prejudique o programa nuclear de Teerã.

"Os iranianos têm sido muito bons em calcular as possíveis consequências de seus atos", disse o general aposentado James E. Cartwright, que, como oficial superior do Comando Estratégico e vice-presidente do Estado-Maior Conjunto participou de táticas de guerra que envolveram tanto a dissuasão quanto a retaliação de potenciais adversários nucleares como o Irã.

Os alvos iranianos, Cartwright e outros analistas americanos acreditam, irão incluir as infraestruturas petrolíferas do Golfo Pérsico e as tropas dos Estados Unidos no Afeganistão, para onde o Irã tem sido acusado de transportar explosivos para abastecer as forças rebeldes locais.

Tanto os americanos quanto os oficiais israelenses que discutiram o pensamento atual sobre as potenciais ramificações de um ataque israelense acreditam que a última coisa que o Irã quer é uma guerra em grande escala dentro de seu território. A análise, no entanto, também incluiu a ressalva de que é impossível saber o que pensa a liderança sênior de Teerã.

Ataque Preventivo

Mas a possibilidade de que Israel efetue um ataque preventivo se tornou um foco dos políticos americanos e pode ser um dos principais assuntos na reunião entre o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o presidente Barack Obama na Casa Branca nesta segunda-feira.

Em novembro, o Ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, afirmou que qualquer retaliação iraniana a um ataque israelense seria "suportável" e que a estimava de seu governo de que o Irã está blefando tem sido um elemento-chave na preparação de seu ataque.

"Se o Irã for atingido de forma precisa, (Israel) reagirá, sem dúvida alguma", disse um ex-oficial israelense, citando comentários feitos por Barak no ano passado."O Irã não irá colocar o Oriente Médio em uma situação difícil".

"Será que um ataque de 40 mísseis contra Tel Aviv seria uma coisa boa?", perguntou o oficial, ao expor o cálculo israelense. "Não! Mas certamente é melhor do que ter de enfrentar um Irã com poder nuclear."

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Irã x Israel - Anotações da WEB 004

iG São Paulo 04/03/2012

Obama reitera apoio a Israel com ameaça ao Irã, mas defende diplomacia

Presidente dos EUA discursa perante lobby pró-Israel um dia antes de se reunir com premiê israelense na Casa Branca

Obama disse neste último domingo que os EUA não hesitarão em atacar o Irã com força militar para evitar que o país persa adquira uma arma nuclear... Em um pronunciamento em que reiterou o compromisso de seu governo com Israel, Obama também tentou defender-se de críticas dos pré-candidatos presidenciais republicanos que reivindicam uma posição mais dura de Washington em relação às ambições atômicas iranianas.

Leia mais:

Pró-conflito:
Maioria dos pré-candidatos republicanos defende guerra contra Irã

Falando a um poderoso grupo de lobby pró-Israel, Obama pediu mais uma vez para que Israel dê tempo para que as sanções isolem ainda mais o Irã. Ele buscou pôr fim a sinais de guerra com o país persa e a um ataque unilateral israelense contra as instalações nucleares desse país.

"Pela segurança de Israel, dos EUA e pela paz e segurança do mundo, agora é o tempo de tumulto", disse Obama a milhares na conferência política anual do Comitê de Assuntos Públicos Estados Unidos-Israel (Aipac, na sigla em inglês). "Agora é o momento de deixar nosso aumento de pressão fazer efeito e sustentar a ampla coalizão internacional que construímos."

Citando o presidente Theodore Roosevelt, Obama disse: "Fale suavemente, mas carregue um porrete", alertando o Irã para não testar a determinação americana.

O discurso de Obama foi feito um dia antes de seu encontro na Casa Branca com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que planeja falar perante a Aipac na tarde de segunda-feira.

O presidente americano disse que não tiraria nenhuma opção da mesa para evitar que o Irã obtenha uma arma nuclear - de esforços políticos e diplomáticos, ao aumento de sanções econômicas e, como último recurso, "um esforço militar a ser preparado para qualquer contingência". Ele explicitamente rejeitou uma estratégia de contenção como a aplicada por Washington em relação à ex-União Soviética com seu grande arsenal nuclear.

"Os líderes iranianos deveriam entender que não tenho uma política de contenção; tenho uma política de evitar que o Irã obtenha uma arma nuclear", disse. "E como deixei claro várias vezes no decorrer de minha presidência, não hesitarei em usar a força quando ela for necessária para defender os EUA e seus interesses."

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Velhos malucos - Prestações 01 a 06

Viva só o suficiente para não trazer problemas aos seus filhos!











- - - - - - - - - - - - - - -

- Futuramente, para ver outras imagens desta série, clicaqui!

- I bibida prus músicus!

domingo, 4 de março de 2012

Imagens de Caruaru a Aparecida - 1


Por hora estou frequentando o térreo da associação. Meu joelho não me permite subir escadas!

- - - - - - - - - - - - - - -

I bibida prus músicus!

sábado, 3 de março de 2012

Irã x Israel - Anotações da WEB 003


Obama diz não estar blefando em ameaça militar ao Irã

'Como presidente dos Estados Unidos, eu não blefo', disse Obama em entrevista

MATT S - REUTERS
WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez a ameaça mais direta até agora de uma ação militar norte-americana contra o programa nuclear iraniano, mas alertou Israel a não realizar um ataque preventivo.

"Como presidente dos Estados Unidos, eu não blefo", disse Obama em entrevista publicada na sexta-feira pela revista Atlantic, três dias antes de receber o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, na Casa Branca.

Os EUA temem as repercussões de um ataque unilateral de Israel às instalações militares iranianas, e esse assunto deve dominar a reunião em Washington. Mas Netanyahu disse que buscará preservar a "liberdade de ação do Estado de Israel diante das ameaças de nos varrer do mapa".

O Irã nega ter a intenção de desenvolver armas nucleares, e promete reagir se sofrer um ataque. Os EUA continuam sendo os maiores aliados de Israel nessa e em outras questões, mas Obama e Netanyahu têm relações turbulentas, com uma clara desconfiança mútua.

Netanyahu está tentando convencer Obama a definir mais claramente qual é o limite nuclear que o Irã não pode cruzar, ao passo que o presidente norte-americano pede a Israel que dê mais tempo para a busca por uma solução diplomática, que inclui a imposição de sanções a Teerã.

"Acho que tanto o governo iraniano quanto o israelense reconhecem que, quando os Estados Unidos dizem que é inaceitável que o Irã tenha uma arma nuclear, estamos falando sério", disse Obama à Atlantic.

Ele repetiu o bordão de que todas as opções estão sobre a mesa", mas acrescentou termos mais diretos. "Isso inclui um componente militar. E acho que as pessoas entendem isso", afirmou.

Ele admitiu que Netanyahu tem uma "profunda responsabilidade" de proteger o seu povo, mas apontou "consequências potenciais indesejadas" numa ação militar. "Num momento em que não há muita simpatia pelo Irã, e que seu único aliado real (a Síria) está nas cordas, queremos uma distração na qual de repente o Irã se coloque como vítima?", argumentou Obama.

Mas Obama não pode ser duro demais com Netanyahu, já que os pré-candidatos republicanos à Presidência fazem marcação cerrada sobre sua política para o Oriente Médio, e tendem a criticar qualquer sinal de desgaste na aliança com Israel. Por outro lado, a Casa Branca receia que uma nova guerra no Oriente Médio semeie o caos e faça o preço do petróleo disparar.

Netanyahu está no Canadá e chega no domingo a Washington. Na sexta-feira, ele disse a jornalistas em Ottawa que não acredita em uma negociação internacional para tentar impedir o Irã de obter armas atômicas. "Acho que a comunidade internacional não deveria cair nessa armadilha", declarou.


- - - - - - - - - - - - - - -

- Fonte: O Estado de São Paulo (link)

- I bibida prus músicus!

sexta-feira, 2 de março de 2012

Computadores: sonho ou pesadelo?


Cartoon que me foi enviado pela amiga Rosani N. Gomes, com a informação de que a mesa dela é quase assim.

- Muito legal, mas, pra mim, falta um cinzeiro sobre a mesa!

- - - - - - - - - - - - - - -

A seguir, imagens que me foram enviadas pelo meu amigo Júlio C. de Andrade


Família que computa unida, unida fica.


Deixa o menino brincar, ô véio!


Dedicação ao extremo.


Very confortable, para registrar aquelas brilhantes idéias que nos ocorrem na madrugada.


Está havendo um grande engano na atitude dos intrusos desta cena: eles não entendem, na completa acepção das palavras, o quê significa a interação mente-máquina.


Imagem mostrando a completa harmonia entre fazer uma necessidade básica fisiológica e completar o relatório que o chefe está exigindo.


Se no serviço não deu pra terminar de ver sua correspondência no facebook, complete em casa, aproveitando para concluir as suas tarefas domésticas.


Antes de completar a sua jornada nesta vida, não se esqueça de encomendar o seu túmulo ao seu gosto!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Um estacionamento na Europa, neste inverno


- Merda! Qual carro é o meu?

- Do blog Joe-ks.com (link).

- Por experiência própria, por ter morado lá (Sankt Gallen, Suiça) por exatos trezes meses, tendo apanhado duas metades de inverno, afirmo: o primeiro inverno lá é legal, mas o segundo já enche o saco, porque fica tudo branco. O frio é absolutamente contornável, com roupas apropriadas e aquecimentos residenciais e no trabalho.

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

quinta-feira, 1 de março de 2012

O judeu e a surubada


Um judeu decide ir a uma suruba.

Paquera várias mulheres e finalmente transa com várias, de todas as maneiras. No troca-troca, se misturam alguns homens e ele acaba sendo enrabado.

No dia seguinte, começa a ter constantes remorsos do bacanal. Não se conforma com o pecado cometido e vai até à Sinagoga para se confessar com o rabino e assim obter o perdão.

Começa a explicar sua noite de orgia:

- Tomei muito álcool, fiz sexo com outras mulheres que não a minha e, no final, acabei enrabado.

O rabino diz que é extremamente grave e que se quer ser perdoado deve voltar no dia seguinte com R$ 15.000 para a sinagoga.

O judeu sai feliz por ter achado a solução, mas muito incomodado com o monte de grana que terá que doar.

Em seu caminho passa por uma igreja católica.

Reflete que, apesar de não ser sua religião, talvez possa obter uma absolvição mais em conta...

Entra e fala com o padre:

- Noite de surubada... Tomei muitas bebidas... Fiz sexo com várias mulheres e acabei enrabado por um cara.

O padre diz que não se preocupe, que isso acontece, que mesmo não sendo católico pode ajudar a paróquia e se quiser o perdão de Deus, deve voltar com R$ 8.500.

O judeu sai mais aliviado por ter conseguido um desconto no preço do pecado. Mesmo assim é muita grana!

Caminha mais um pouco e passa na frente de um terreiro.

Entra, conta a história e o Pai-de-Santo diz que tudo bem, que a este tipo de encosto dá-se jeito e que é só dar uma ajudinha pro Santo de uns R$ 1.000, trazer uma galinha e uma garrafa de cachaça, que volta a ter o ‘corpo fechado’.

O judeu fica mais feliz ainda!

Mas quando está indo comprar a galinha e o goró, passa na frente de uma mesquita e, claro, fica tentado em ver quanto que eles cobrariam.

Então, ele entra na mesquita, procura o Iman e conta-lhe que, embora não seja mulçumano, está ali na mesquita porque teve uma noite de orgia. Bebeu muito, transou com várias mulheres, acabou enrabado e agora tem remorsos.

O Iman o escuta atentamente e lhe diz:

- Bra voce obter a perdon da pecado, vorta aqui na dia zeguinte com bastante refrigerante, biscoito, bolo, balinha, doces e outros guloseima.

O judeu se surpreende, fica alegre por ter que cumprir sua penitência e por ter que gastar tão pouco. Então pergunta ao Iman:

- É só isso que tenho que fazer? O senhor tem certeza de que o quê está me pedindo é tudo?

O Iman responde:

- Absolutamente! É isso mesma, com a gente é assim. Cada vez que um judeu toma no cú, nós faz um festinha!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Hemorróidas... Ardem!


Vejam o que um amigo me mandou.

O pai dele fez operação de hemorróidas e escreveu sobre a sua experiência.

Sem comentários... Este texto foi feito pós-operação do traseiro do pai dele e deixei exatamente como ele me mandou. Afinal são pequenas palavrinhas sem maldade...

Hemorróidas

Ptolomeu, em 150 d.C., falava que a terra era o centro do universo e que tudo girava em torno dela. Foram precisos cerca de 1400 anos para essa teoria ser rebatida por Nicolau Copérnico, provando para a humanidade que o Sol, sim, era o centro.

Eu, simplesmente eu, descobri em apenas três dias, após 56 anos, que ambos estavam redondamente enganados: o centro do universo é o cú. Isso mesmo, o cú!

Operei das hemorróidas em caráter de urgência algumas semanas atrás. No domingo à noitinha, o que achava que seria um singelo peidinho, quase me virou do avesso.

- É difícil, mas vamos ver se reverte! - Falou meu médico.

Reverteu merda nenhuma! Era mais fácil o governo não tirar dos aposentados do que aquela lazarenta bolinha (?) dar o toque de recolher.

Foram quase duas horas de cirurgia e confesso: não senti nadica de nada, nem se me enrabaram durante minha letargia!

Dois dias de hospital, passei bem, embora tenham tentado me afogar com tanto soro que me aplicaram. Foram litros e litros. Recebi alta e fui repousar em casa.

Passados os efeitos anestésicos e analgésicos, vem a primeira vez. PUTA QUI PARIU!!! Parece que você tá cagando um croquete de figo da Índia, casca de abacaxi, concha de ostra e arame farpado. É um auto-flagelo.

Parece que você tá cagando uma briga de 5 gatos, sai arranhando tudo. Caguei de pé, pois sentado achei que o cú ia junto...

Por uns três dias, dói tanto que você não imagina que uma coisinha tão pequena e com um nome tão reduzido (cú) possa doer tanto. O tamanho da dor não é proporcional ao tamanho do nome. Nesse caso, cú deveria se chamar Dobrovosky, Tegulcigalpa, Nabucodonosor...

Passam pela cabeça soluções mágicas:

- Usar um ventilador!

- Só se for daqueles dos túneis aerodinâmicos.

- Gelo!

- Só se eu fosse escorregar pelado por uma encosta do Monte Everest.

- Esguichinho de água!

- Tem que ser igual ao da Praça da Matriz, com névoa seguida de jatos intercalados.

Descobri também que somos descendentes diretos do bugio, porque você fica andando como macaco e com o cú vermelho. Qualquer tosse, movimento inesperado, virada mais brusca, o cú dói. E como!

Para melhorar as idas à privada, recomenda-se dieta na base de fibras. Foi o que fiz: comi cinco vassouras de piaçava, um tapete de sisal e sete metros de corda.

Agora sei o sentido daquela frase: "Quem tem medo de cagar, não come!"

Tudo valeu, agora já estou bem, cagando como manda o figurino, não preciso pensar para peidar, o cú ficou afinado em ré menor, uma beleza!

O foda é que usei Modess por 20 dias após a cirurgia e hoje to sentindo falta dele!

Meu Deus!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

Ruminâncias sobre o filme “O Artista”


Selecionei duas publicações sobre as repercussões em torno dos Oscars de “O Artista” na França:

- - - - - - - - - - - - - - -

No blog do Tutty Vasques (link. Tem mais notícias lá!).

Oba-oba

Imagem AE

A euforia dos franceses no desembarque do ator Jean Dujardim (foto) com a estatueta do Oscar no Aeroporto Charles de Gaulle, convenhamos, se fosse aqui diriam que é coisa de baiano.

(Os comentários lá no blog do Tutty vasques estão impagáveis! Vai lá, vai!).

- Meu comentário: Se fosse aqui, teria recepção no Palácio do Planaldo e mais uns dois meses de carnaval em Salvador!

- - - - - - - - - - - - - - -

Na iG-Último Segundo (link. Tem mais notícias lá!)

Onda de orgulho toma França após vitória de "O Artista"

França estava mergulhada nas celebrações do Oscar na segunda-feira (27) depois que "O Artista" venceu cinco prêmios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, incluindo o de melhor ator, gerando uma onda de orgulho nacional.

Em um artigo de várias páginas na revista "Paris Match" da semana passada, a mulher de Dujardin, Alexandra Lamy, disse que o comportamento da população da França mudou desde que o marido foi indicado ao Oscar.

"Eles encorajam Jean, eles querem que ele vença por eles, pela França. Parece que estamos de volta a 1998, durante a Copa do Mundo", disse ela.

- Meu comentário: Ganharam aquela copa por causa da caganeira que deu no Ronaldinho antes do jogo!

- - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!