terça-feira, 31 de março de 2009

Requiem in pacem, Ankito!

Morreu ontem um dos grandes nomes do período do cinema brasileiro conhecido como chanchada.

Nascido Anchizes Pinto, em São Paulo, em 26 de fevereiro de 1924, o ator tinha 85 anos e perdeu a batalha que travava contra um câncer no pulmão. Começou no circo com sete anos de idade, era filho do palhaço Faísca e sobrinho de outro palhaço que também fez história, o Piolim. Tinha, portanto o circo nas veias!

Me deixa muita saudade, juntamente com outros comediantes que partiram antes dele, como Zé Trindade, Carequinha e Fred, Grande Otelo, Oscarito e muitos outros.

Obrigado, Ankito, pelas alegrias que me proporcionou. Descanse em paz!

(Ankito, prestenção! Botei o seu requiem aqui no meu blog no meio de um monte de piadas, pra depois que você lê-las, contar pra turma gozadora daí de cima.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

2 comentários:

Conceição Duarte disse...

Judiação, que ele descanse em paz. Grandes momentos gostosos nos porporcionou. Bj

Norival R. Duarte disse...

Judiação nada, Conceição!

Ou você acha que você mesma deixará algum dia de vê-lo pessoalmente em algum cinema celestial?

Eu irei, seguramente!

Se nos encontrarmos por lá, sentarmo-no-emos lado a lado comendo pipocas.

Grande abraço.