terça-feira, 31 de março de 2009

O chinês e Spielberg

Um chinês entra num bar da moda em New York, quando vê o Steven Spielberg entrar e pensa: - Puxa vida! Como gostaria de conhecê-lo!

Mas Spielberg, ao passar por ele, dá-lhe uma tremenda porrada na cara, que faz sangrar o seu nariz.

- Hei! Por que você fez isso? - Pergunta o chinês.

- Vocês, japoneses, mataram o meu avô quando bombardearam Pearl Harbor!

- Mas eu não sou japonês! Sou chinês, porra!
.
- Chineses, tailandeses, japoneses.... Pra mim é tudo a mesma merda!

Spielberg se senta numa cadeira, quando o chinês chega por trás dele e dá-lhe um tapaço na orelha, daqueles de fazer o cara ficar tonto.

- Quê que é isso, ô cara? Pra quê isso, seu imbecil? - Pergunta Spielberg.

- Minha avó estava no Titanic, seu filho-da-puta!

- Mas não fui eu quem afundou a merda do Titanic! Foi um iceberg, seu idiota!

- Iceberg, Gutenberg, Spielberg... Pra mim é tudo a mesma merda!

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- I bibida prus músicus!

2 comentários:

Conceição Duarte disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Gostei... O asiático foi rápido! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk bjus e saudades docÊ!
CON

Norival R. Duarte disse...

Tem razão, Conceição!

Deve ser pelas aulas de kung-fu nas quais os chineses se exercitam quando crianças.

Grande abraço e obrigado pela visita.