quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Plim-plim!

Religando tudo, incluindo eu, depois de mais de um mês afastado da parafernália que mandei instalar em dezembro pp neste meu conjunto – hard and software, tudo no plural – de lançamento de idéias malucas, algumas minhas, outras copiadas, aqui sempre com o reconhecimento e o devido crédito aos seus autores.

Dei uma rápida navegada pelos meus dois blogs e constatei que devo responder a milhaaaares de comentários deixados neles ou neles postados.

Sei também que nos blogs dos meus amigos pelos quais navego freqüentemente existem muitas postagens às quais pretendo acrescentar algum comentário, até porque algumas fazem referência a este modesto escriba ou a alguma matéria de meus blogs.

Continuando nas minhas ruminâncias, acrescento que minhas duas caixas postais acumulam centenas de mensagens, 50% das quais serão deletadas imediatamente - por se tratarem de propagandas ou coisas mal intencionadas, sacanagem virótica mesmo - que, se abrir, irão mandar pro beleléu todo o trabalho de limpeza, purificação e santificação que foi realizado neste PC. Aquelas dos meus fiéis e costumeiros correspondentes serão abertas, lidas, vistas e ouvidas, uma a uma, com o maior prazer. Não será possível responder a todas, porém pretendo dedicar a cada uma a mesma atenção e carinho como quando o seu remetente pensou em mim.

Tudo acima será feito tão logo quanto possível.

- Por que andei sumido?

- Novamente um campeonato de tranca no meu botequim, sempre regado a muita cachaça. Agora, depois de uma semana de canjinha de galinha como almoço (os raios dos perus do Natal e do Ano Novo se acabaram lá pelo último dia 20) e sopinha de fubá como jantar, readquiri o controle sobre as minhas mãos e seus correspondentes dedos, podendo datilografar com total segurança, mesmo que das minhas datilografações não saia muita coisa que preste.

- Dito tudo isso, bibida prus músicus, com torresmo e chouriço, que são os dois melhores tira-gostos do meu botequim!

4 comentários:

Fernando disse...

Pois é,Norival,
também andei faltando com meus compromissos bloguisticos, e não tive explicação alguma de problemas de saude.
Pura falta de uma rotina decente e descuido em não visitar os bons e queridos amigos virtuais.
Mas, assim como você (sem trocadilhos, ora pois!) estou a prometer maiores cuidados e atenções com todos. E de todos.
abração
fernando cals

Norival R. Duarte disse...

Sabe de uma coisa, Fernando, de uma grande verdade, válida para mim?

- Eu necessito, de vez em quando, me afastar do PC, caso contrário, fico tão absorvido na frente dele que só saio de casa pra comprar cigarros.

E acredito que isso só faz bem pra mim, porque volto um pouco mais revigorado, apesar dos amigos da Internet terem todo o direito de julgar que esse meu procedimento, antes de ser uma necessidade pessoal, é um relaxamento no nosso relacionamento. Mas todos haverão de compreender e de me perdoar, tenho certeza disso.

Um grande abraço.

Conceição Duarte disse...

Menino, justificado e perdoado, mas sentido...Não fuja mais.... rsrrsrsrsr

Ganhou o tonreio ao menos?
kkkkkkkkkkkkkkk ou só bebeu cachaça?~rsrsrs


Me conte

aí ta a resposta que deixei pra vc lá no meu blog... e aki. bjus e bom final de semana, CON


Meu querido, hahahaha vc nem imagina que depois de tantos anos de idade, eu vivo mesmo cheia de amor. Sempre fui assim, mas, mas, mas agora ficando velha, parece que estes amores que vão e vem, surgem na nossa vida para fazer nos lembrar o quanto fomos amadas um dia. Tem muito do passado aí, do reencontro, do conto, do aumenta um ponto, mas tem e sempre teve na minha vida muito, muito muito amor! Hoje especialmente estou feliz. Minha filha foi operada e ja está ao meu lado em casa... Tem amor maior? Ele, vc sabe disso, existe em vários níveis... andares, plataformas, estágios, intensidade, e tanto tanto e tanto mais. Mas é amor, não é? Falar nisso, vc sumiu muito tempo e eu senti sua falta, não faça mais isso!. Não se esqueça, eu sou amor! Bjus CON

Norival R. Duarte disse...

Querida Conceição:

De tudo isso, do meu sumiço, do seu amor, de seus amores, o que se destaca é a sua felicidade pelo estado pós-operatório de sua filha. Espero que ela tenha se recuperado completamente.

No torneio de tranca, a minha dupla ficou em 7º lugar, num torneio que reuniu 8 duplas. Tem muito neguinho fazendo sacanagem nos jogos, roubando cartas; tem mais sapos do que jogadores, dando palpites descaradamente; cachaça não faltou nem um pinguinho, aleluia!

Beijão e abração.